O DN de 21 de Abril de 1974

21abr1974

Um incêndio, de madrugada, destruía parte da Universidade do Porto. As chamas atingiram a Reitoria, os arquivos “e praticamente todos os serviços centrais, o Senado e o salão nobre, e instalações das faculdades de Ciências e de Economia”. Em Lisboa, no Palácio Nacional de Belém, almoçavam com o chefe do Estado, almirante Américo Tomás, o presidente do Conselho de Ministros, Marcelo Caetano, os presidentes da Assembleia Nacional, da Câmara Cooperativa e do Supremo Tribunal de Justiça, o ministros da Defesa Nacional, do Interior, da Justiça e das Finanças, entre outras “destacadas figuras da vida nacional”. Nas presidenciais francesas, os dirigentes do Partido Gaulista (UDR), “gravemente dividido”, apelavam para que todos os seus militantes “se unam a Chaban-Delmas”.

Por Francisco Mangas

Bookmark and Share